ZÉCA PAGÓDINHO

ZÉCA PAGÓDINHO

1- PAGO PRA VER
2- AINDA É TEMPO PRA VIVER FELIZ
3- ALTO LÁ
4- DEIXA A VIDA ME LEVAR
5- DELEGADO XICO PALHA
6- LAMA NAS RUAS
7- RATATUIA
8- EU SOU BRAHAMEIRO
9-MANECO TELECOTECO
____________________________________________________________________________________
PAGO PRA VER
Dm Dm5+ Dm
Pago pra ver.....você rogar a minha volta
E ^ A7 Dm A7 A/C#
**...Minha revolta.....tá na sua ingratidão
Em5-/7 Gm6 A7
Quem deu amor, que se entregou.....não merecia
Em5-/7 A7 Dm
Uma partida.....sem deixar explicação
E ^ A7 Bº A7 Dm
.....Quando você chegou pra mim.....foi tanta jura
Am5-/7 D7 Gm
Tanta promessa desse amor jamais ter fim
Em5-/7 Dm
Agora vejo...foi somente o desejo
Em5-/7 A7 Eb7
Simplesmente um ensejo......pra mais uma curtição
Gm Dm
Enquanto eu, que apostei todas as cartas
Em5-/7 A7 Dm
Nesse amor que me descarta.....só a dor, desilusão

A7 Dm ^ ^ A7 Dm
Vou refazer minha vida....mudar o meu telefone
Eb7 D7 Gm
Cicatrizar a ferida.....tirar o seu sobrenome
Gm6 Dm/F Dm
O que restou de nós dois....vou apagar da lembrança
Em5-/7 A5+7 Dm
E não vou mais me entregar.....feito criança

AINDA É TEMPO DE VIVER FELIZ
G C7/9 F#m B7/9
Me cansei de ficar mudo sem tentar,...... sem falar
G C7/9 F#m B7/9
Mas não posso deixar tudo como está. Como está você?

G A7
Tô vivendo por viver, tô cansada de chorar
F#m B7
Não sei mais o que fazer, você tem que me ajudar
Em F#m Em5-/7 A7 D7/9
Tá difícil esquecer, impossível não lembrar vocêêê...
Am D7
E você como está?
G A7
Com o fim do nosso amor, eu também tô por aí
F#m B7
Eu não sei pra onde vou, tantas noites sem dormir
Em F#m Em A7 Am D7/9
Alivia minha dor, e faça por favor...........sor__rir

G A7 F#m5-/7 D7
Vem pros meus braços meu amor, meu acalanto
G Gm F#m5-/7 D7/9
Leva esse pranto pra bem longe de nós dois
G A7 F#m5-/7 B7
Não deixe nada pra depois, é a saudade que me diz
Em A7 Am D7/9
Que ainda é tempo pra viver fe liz...
_____________________________________________________________________________________
ALTO LÁ

D A7 D
Eu soube, que você anda falando
F#m75- B7 Em B7 Em
Que eu vivo implorando pra voltar ao nosso lar Alto lá...
F#7 Bm F#m C#7 F#m B7
Guarde a língua na boca Sua verdade é tão pouca Como pode ter razão
Em A7 D B7 Em A7 D
Se foi você quem me pediu perdão Se foi você quem me pediu perdão
F#m Fm Em A7 D Em
Ah você não mereceu Um amor igual ao meu
A7 D
Era pra ser guardado
A F#7 Bm
Você não cumpriu os mandamentos
E7 Em
E tanto mentiu Que conseguiu, tudo acabado
Em C#7 F#m
Mas quero viver em paz
D7 G7M F#7/4 F#7
Você pisou demais meu coração sofrido
G7M Gm
Que eu volto pra orgia
F#m F#o
O meu mundo proibido
C#m5-/7 F#7 Bm D7
De onde eu nunca devia ter saído
_____________________________________________________________________________________

DEIXA A VIDA ME LEVAR
D A7 D
Eu já passei por quase tudo nessa vida
B7 Em A7 D A7
Em matéria de guarida espero ainda minha vez
D A7 D
Confesso que sou de origem pobre
B7 Em A7 D
Mas meu coração é nobre, foi assim que Deus me fez

A7 D F° Em
E deixa a vida me levar (vida leva eu)
A7 D Am D7 G G#°
Deixa a vida me levar (vida leva eu) Deixa a vida me levar (vida leva eu)
D A7 D A7
Sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu
D A7 D
Só posso levantar as mãos pro céu
F#m F° Em B7
Agradecer e ser fiel ao destino que Deus me deu
Em Em7+ Em7 Em6 A7
Se não tenho tudo que preciso Com o que tenho, vivo
A7(#5) D A7 D A7 D
De mansinho , lá vou eu Se a coisa não sai do jeito que eu quero
Am D7 G G7M G6
Também não me desespero O negócio é deixar rolar
Gm6 F#m
E aos trancos e barrancos, lá vou eu
B7 Em A7 D
E sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu
_____________________________________________________________________________________
DELEGADO XICO PALHA

D A7 G D
Delegado Chico Palha Sem alma, sem coração
Em D A7 D
Não quer samba nem curimba Na sua jurisdição

Em A7 D
*Ele não prendia Só batia
A7 G D
Era um homem muito forte Com o gênio violento
Em D A7 D
Acabava a festa a pau Ainda quebrava os instrumentos

D A7
Os malandros da Portela
G D
Da Serrinha e da Congonha
Em D A7 D
Pra ele eram vagabundos E as mulheres sem-vergonhas

D A7
A curimba ganhou terreiro
G D
O samba ganhou a escola
Em D A7 D
Ele expulso da polícia Vivia pedindo esmola
_____________________________________________________________________________________
LAMA NAS RUAS
Am D7/9 Am E7 Em75- A7/5+ A7
Deixa Desaguar tempestade Inundar a cidade
Dm7
Porque arde um sol dentro de nós
Bm75- E7 Bm75- E7 Bm7(b5) E7
Queixas Sabes bem que não temos E seremos serenos
Am Dm E7
Sentiremos prazer no tom da nossa voz
Am D7 Am A# E7 Em75- A7
Veja O olhar de quem ama Não reflete um drama não
Dm Dm7 Bm75- E7
É a expressão mais sincera sim Vem pra provar que o amor quando é puro
Am C Bm75- E7
Desperta e alerta o mortal Aí é que o bem vence o mal
Em75- A7
Deixa a chuva cair que bom tempo há de vir
Dm7 E7 Am C7
Quando o amor decidir mudar o visual Trazendo a paz no sol
F7M Dm E7 A F#m D E7
Que importa se o tempo lá fora vai mal Que importa

A E C#m75- F#7
Se há Tanta lama nas ruas
Bm C7/9 Bm A7
E o céu É deserto e sem brilho de lua
E7 C#m7(b5) F#7
Se o clarão da luz Do teu olhar vem me guiar
Bm E7/4 E7 A
Conduz meus passos Por onde quer que eu vá

RATATUIA
Am A7 Dm
Parei na dela Montei casa na favela Desfilava com a donzela Que beleza de mulher!

Lhe dei guarida Não queria outra vida ELA Era minha protegida
Am E7
Era só meu esse filé!
Am A7
MAIS Que engano Ela foi se transformando Meu dinheiro estourando
Dm G7
Olha onde eu fui parar?
C E7 Am
Com nome sujo Não consigo crediário Eu, um pobre operário,
A7 E7
ficou ruim de segurar (vacilou!)
Dm G7 F7M C Bm75- E7
Vacilou, me tirou de mane Não pensou, vai voltar pra ralé Já tá provado
Em7 A7 Am E7
Quem nunca comeu melado Se lambuza até o pé (2x)

Am A7 Dm
Era mãe dela,irmã dela , tia dela Amiga dela e uma cadela E só eu pra sustentar
E7
Era uma festa de pagode e seresta
Am E7
Eu olhava pela fresta Dava medo de entrar
Am A7 Dm
Tudo jogado Cerveja pra todo lado Um cheiro de arroz queimado E ela querendo zuar
G7 C E7 Am A7
Mandei embora Com a sua ratatuia De chinelo, mala e cuia Vai sujar outro lugar
_____________________________________________________________________________________
EU SOU BRAHMEIRO

B B7
De manhã cedo, eu me benzo, me levanto e vou trabalhar.
E
Tudo o que eu tenho nessa vida conquistei, eu tive que ralar.


E G#º
E no final daquele dia duro de batente
B G#7
É a hora da minha Brahma que também sou gente.
E F#7 B B7
A vida não tem graça sem ter os amigos e o que celebrar.

Em A Bm
Eu sou Brahmeiro, amor, eu sou Brahmeiro.
G F#7 Bm B7
Sou do batente, sou da luta, sou guerreiro, eu sou brasileiro.
Em A Bm
Eu sou Brahmeiro, amor, eu sou Brahmeiro.
G F#7 Bm
Sou do batente, sou da luta, sou guerreiro, eu sou brasileiro.
_____________________________________________________________________________________
MANECO TELECO TECO

F Dm Gm
Teco teleco teleco teco é a batida do Maneco castigando o tamborim
C7/13 F
Teco teleco teleco teco tá na crista do sucesso até chegar no botequim

F Dm Gm
Maneco era um sujeito comportado, educado, sossegado, cidadão trabalhador
C7 C7/13 F
Um dia conheceu a Carolina , uma doçura de menina e aí se apaixonou
C7 Cm F7 Bb
Carol não tinha lá muito juízo, ele ficou no prejuízo quando o amor chegou ao fim

Bbm6 Am7 D7 Gm7 C7 F C7
Agora chora no boteco teleco telecoteco, coitado do tamborim , diz aí.


F Dm Gm
Agora apareceu uma comadre, com pinta de madame Maneco se impressionou
C7 C7/13 F
A galera já falou saí dessa lama, ela é malandrona, uma tremenda 171.

C7 Cm F7 Bb
Cuidado que ela vai sujar teu nome, quer levar teu telefone, o barraco e o tamborim
Bbm6 Am7 D7 Gm7 C7 F
Meu deus do céu já tá pintando repeteco e o sucesso do Maneco está chegando ao fim.
_____________________________________________________________________________________

10 Melhores Headline Animator

Escolha pelo nome da música

Receba via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner